Os preços dos passeios são mesmo tabelados em Bonito?


Sim!!! Algumas pessoas não acreditam, mas os preços dos passeios em Bonito MS são realmente tabelados, isso significa que todas as agências locais comercializam os ingressos, também chamados vouchers, para os passeios pelo mesmo valor e não possuem autonomia para conceder descontos.

 

Há sim uma explicação formal para isso. As agências de turismo em Bonito são responsáveis pela intermediação entre os atrativos e os viajantes, ou seja, atuam como prestadores de serviço. São elas que fazem o agendamento e a emissão dos vouchers de acesso aos passeios, porém, não são as agências que estipulam o valor final que será cobrado do cliente.

Cabe às agências explicar as diferenças entre cada propriedade uma vez que Bonito opera atualmente com mais de 38 locais abertos à visitação em diferentes pontos da área rural da cidade.

Em conjunto, esses passeios somam mais de 80 atividades distribuídas entre flutuações, trilhas e cachoeiras, cavernas, grutas, dolinas, boia cross, raftings, arvorismos e cavalgadas.

Também é função delas orientar obre a logística das atividades e suas especificações, além de otimizar os deslocamentos, dar dicas e prestar assistência de um modo geral, enfim, seu papel é “facilitar” a vida do passageiro enquanto estiver no destino.

Agora voltando à questão dos preços dos passeios em Bonito, é importante explicar que eles são definidos individualmente pelos donos dos atrativos e, posteriormente informados à Prefeitura Municipal, que é a responsável por alimentar a base de dados a partir de onde são emitidos esses vouchers.

Essa base de dados, que chamamos aqui de Sistema do Voucher Digital ou Voucher Único, não permite nenhum tipo de alteração de valores, seja para mais ou para menos do que foi estipulado pelos proprietários, daí então explicarmos que os preços dos passeios em Bonito são de fato “tabelados”. 

Uma das vantagens desse sistema é garantir que nenhum cliente vai pagar mais caro pelo mesmo passeio. Aliás, aproveitando que o tema é o preço de passeios em Bonito, veja as opções de passeios em Bonito - MS nesse link. 

Portanto, ao ouvir de qualquer agente de turismo que não é possível conceder desconto esteja certo que não se trata de uma decisão pessoal. Complementando a informação, convém explicar que o sistema é integrado e on-line.

Isso significa que toda agência ao emitir um voucher (que é, de forma mais simples, o ticket de acesso, que documenta e formaliza reserva), já informa simultaneamente a Prefeitura, o passeio e o guia que fará o acompanhamento do turista os dados do passageiro, data e hora ocorrerá a visita.

O sistema adotado em Bonito é considerado pioneiro e utilizado como exemplo para vários destinos de ecoturismo do país, incluindo Nobres, no Mato Grosso.

Entre suas principais conquistas está o fato de permitir o controle diário do número de passageiros auxiliando no respeito a legislação ambiental e a garantia do valor dos passeios, ou seja, nenhum turista vai pagar a mais pela mesma visita independentemente do número de vagas disponíveis.

Quando for montar o seu roteiro, considere que uma estadia de pelo menos 4 dias inteiros em Bonito, só para os passeios, é o tempo mínimo ideal para aproveitar bem o destino. Nesse espaço de tempo, seria interessante agendar atividades de várias categorias para intensificar sua experiência durante a viagem.

Aliás, mesmo com todos os atrativos turísticos (veja aqui os principais) estando em áreas privadas e sendo pagos, há sim, algumas coisas bem interessantes para fazer de graça em Bonito.

Aproveite para tirar fotos incríveis com as piraputangas da Praça da Liberdade (praça principal da cidade) e visitar a fábrica de cerâmica Udu ou a Casa do Vidro. Essas são 3 opções de passeio para fazer de graça em Bonito, além, claro, de usar a oportunidade da viagem para conhecer um pouco da gastronomia da cidade que inclui uma grande variedade de sabores e texturas.

Opções como o Pacu na Brasa (da Juanita) e a Traíra Sem Espinha (da Casa do João) são pratos considerados imperdíveis em Bonito! Então organize-se para incluir esses restaurantes e criar noites especiais em seu roteiro.

Aproximadamente 40,00 reais por pessoa é o que custa para comer em Bonito nos restaurantes do centro da cidade. Mas, também é possível encontrar pratos executivos para uma pessoa, por até R$25,00, e que são uma forma excelente de comer bem e com economia. Próximos ao centro recomendamos também estes locais: Toca do Peixe, Restaurante Marco Velho, Pantanal Grill e  O Casarão.

Gostou de saber que você está escolhendo visitar um destino organizado e que respeita o meio ambiente? Que ótimo, sinta-se bem vindo (a) a Bonito (MS)

Agora que você já comprendeu que os preços dos passeios são mesmo tabelados em Bonito, que tal começarmos a planejar a viagem? Para facilitar essa etapa, a Acqua Viagens desenvolveu uma ferramenta on-line capaz de oferecer informações exatas sobre quanto custa viajar para Bonito, é o nosso Simulador de Pacotes. 

É só você clicar no link do Simulador de Pacotes e informar o número de pessoas, as datas da viagem e o que gostaria de fazer em Bonito que o sistema faz todas essas combinações on-line!

Por Luciana Garcia

Posts Relacionados:

Estância Mimosa: o que fazer, como chegar e como funciona

Como funciona o passeio do Rio Sucuri em Bonito?

Conheça os horários de transfer de Campo Grande para Bonito

 

Indique para um amigo